Total de visualizações de página

segunda-feira, 11 de julho de 2011

VOCÊ ESCUTOU???


 
Era uma vez...
Naquele tempo...ai, quando falo isso vejo o quanto estou ficando cheia de "anos", para
não dizer ficando velha...uiiii!!! Quando íamos  para a fazenda nas férias, você não faz ideia da
aventura que era até chegar lá...Saíamos do Estado de São Paulo, estrada asfaltada, mas quando
passávamos para o Estado de Mato grosso ( Mato grosso ainda não tinha sido 
dividido em dois Estados) o asfalto acabava, então a aventura ficava muito mais interessante....
Meu tio tinha uma caminhonete, na frete sempre ia ele, que era o motorista, a esposa e outra
tia...agora, lá atras.....se eu te contar, você não vai acreditar. Naquele tempo também, não
era proibido carregar pessoas na parte de trás. Então era mais ou menos assim:
----Tinha as malas, sacos de diversos tamanhos com cobertores, roupa de cama, colchões, etc...
mas não era pouco não....rsrsss!!! De adolescentes entre primos e primas tinha uns 6, sempre
ia um amigo dos primos, entre crianças uns 2 a 3, adultos uns 3, 2 cachorros e 1 gato, não
 poderia faltar a "matula",ou seja, a comida que geralmente era o almoço, ficava em uma panela grande, pela quantidade de pessoas dá para calcular o tamanho dessa panela, sem falar em frutas que estavam em sacos... E eu também estava lá, não esqueça disso...KKKKK!!!
Era tanta gente, malas, sacos, colchões que ficava difícil saber qual perna era de quem...KKKKK!!!
A gente se acomodava em cima disso tudo, e sabe que não era ruim??? Meu tio colocava por cima
uma lona de modo que não entrava muito vento, sol ou chuva, a gente e as bagagens ficávamos protegidos...
Uma dessas idas e vindas da fazenda, era tempo de chuva, a caminhonete atolou em um buraco, por mais que meu tio fizesse não conseguia sair, chovia, estava começando a escurecer...A meninada
toda em alvoroço, o almoço já tinha sido a muito tempo, as frutas acabaram, lá fora chuva....
A estrada não era assim tão movimentada, demorou até passar um carro e nos puxar com uma
corda....
Mas antes disso meu tio, o que vinha lá atras com a gente, começou a contar histórias de assombração,
eu e as outras crianças, começamos a ficar com medo, pois já estava muito escuro, ele contando a
história e de repente...:
Fiuuuuu!!!! Fiuuuu!!!
Ouvimos uns assobios que vinham do lado de fora, meu tio o que era motorista, desceu e veio nos
perguntar o que a gente queria..., mas o tio contador da história, falou que não era a gente e que o
tal assobio o som vinha do lado de fora...Ficamos todos em silêncio........E novamente o assobio:
Fiuuu!!!! Fiuuuu!!!
_Uai???? Quem foi????
Silêncio....
Nisso eu e as outras crianças, morrendo de medo começamos a chorar, foi um DEUS nos
acuda, para tentarem nos acalmar....
Quando o outro carro passou e com a corta puxou a caminhonete,  finalmente saímos do
buraco, meu tio ligando o carro para sair...:
Fiuuuu!!!! Fiuuuu!!!
VOCÊ ESCUTOU????
Eu escutei....
KKKKKKKKKKKKK!!!
Pois sei que foi asim...

2 comentários:

Malu disse...

Fique tranquila, você não está juntando anos ou ficando velha, não, amiga!
É que as coisas que fazíamos antigamente era mais aventureiro e tinha gosto de alegria... tudo era mais mágico porque parecia tão mais longe do imediatismos dos dias atiais.
Adorei suas aventura.
Grande abraço

sergio disse...

Me fez lembrar das viagens de trem pro litoral que fazíamos, tias e primos...ai-ai...que saudades...os encostos dos bancos virávamos pra ficar de frente uns para os outros e desde a chegada na estação da Luz até a chegada na estação em que saltávamos eram momentos de infinita felicidade...pena que não podemos voltar no tempo...